sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Estado do Ceará gera 16,4 mil novos empregos formais e recupera empregos perdidos na pandemia


Com a geração de 16,4 mil novos postos de trabalho em outubro, o Ceará recuperou todas as vagas perdidas entre os meses de março e junho devido à pandemia do novo coronavírus. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, este também é o melhor resultado mensal do Estado em 2020.

O saldo positivo – o quarto consecutivo desde julho – é fruto da diferença entre 42.760 admissões e 26.324 desligamentos registrados no mês passado.

O secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado, Maia Júnior, comemorou os números e apontou que a recuperação dos empregos perdidos na pandemia antes do previsto foi uma ótima surpresa. 

Ele ressaltou que os meses de novembro e dezembro costumam ser ainda melhores para o mercado de trabalho local diante da influência das festas de fim de ano, o que deve fortalecer o saldo positivo do Estado no ano, embora ainda aquém do que era esperado antes da pandemia.

Atrás dos estados do Ceará e da Bahia, no Nordeste, aparecem Pernambuco (13.016), Maranhão (5.772), Rio Grande do Norte (4.763), Alagoas (4.643), Sergipe (3.523), Piauí (3.492) e Paraíba (1.437). Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário