sábado, 30 de novembro de 2019

Alta da carne impulsionará preços do frango e ovos no Ceará

O Sindicarnes-CE afirma que os preços  do frango e ovos
podem subir muito em relação ao ano passado
Seguindo o avanço do valor da carne bovina, que desde agosto acumula alta de 30% nos açougues cearenses, os preços de aves e ovos também devem aumentar já nas próximas semanas. "Nós vamos ter impacto em todos os segmentos. Primeiramente, o consumidor busca a carne mais barata, mas o preço das aves também vai subir", prevê Francisco Everton da Silva, presidente do Sindicato do Comércio de Carnes Frescas do Ceará (Sindicarnes-CE).

O movimento acontece em razão da maior procura das pessoas por outras opções de proteína animal, como aves ou ovos, para fugir do aumento dos altos valores da carne vermelha - é de se esperar, portanto, que haja reajuste nos preços desses itens, principalmente nesta época de fim de ano. "A verdade é que todos esses produtos vão subir exageradamente em relação ao ano passado".

Até o fim do ano, o presidente do Sindicarnes-CE estima que a alta da carne bovina pode chegar a 40% no Estado. O efeito do valor da carne vermelha sobre o do frango e também do peixe está sendo analisado pelo Ministério da Agricultura. A avaliação da Pasta é de que o preço da carne deverá se estabilizar em um patamar, influenciado diretamente pelo custo internacional da proteína.

Hoje, o preço da arroba do boi gordo (o equivalente a 15 quilos de carne) oscila entre US$ 40 e US$ 50. Se considerada a cotação desta sexta-feira (29), com o dólar a R$ 4,23, a arroba do boi chega a custar até R$ 201. Ou seja, para o Ministério da Agricultura, o preço da carne deve se estabilizar nesse patamar. Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário