sábado, 3 de agosto de 2019

URCA se destaca no Brasil apresentando o menor índice de abandono entre universidades

A URCA tem apresentados bons índices de aprovação
nos seus cursos, nos últimos anos
O destaque da Universidade Regional do Cariri (URCA) entre as 25 instituições de ensino superior do Brasil com menor índice de evasão, tem sido resultado de um trabalho que envolve desde políticas governamentais e investimentos, além de todos os segmentos da universidade.

Divulgada pela plataforma Quero Bolsa recentemente, que se utiliza de dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a URCA se encontra das 25 universidades com o menor índice de abandono, em primeiro lugar, com 4,47%, ou seja, a cada 100 alunos matriculados na universidade, menos de cinco abandonam o curso antes de se formarem.

Vale destacar que a URCA tem mais de 90% dos seus alunos egressos de escolas públicas, ressaltando o importante papel social na região Sul e Centro-Sul do Estado do Ceará, abrangendo em seu raio de atuação, estudantes de outros estados da federação, como Piauí, Rio Grande do Norte, Pernambuco, entre outros.

O reitor Lima Junior destaca o bom trabalho de articulação
que tem valorizado muito a educação
O Reitor da URCA, Professor Francisco do O’ Lima Júnior, destaca a importância desse índice, demonstrando a macro estratégia que o Governo do Ceará tem tido de valorizar a educação, começando pela básica, e em todos os seus níveis. “No caso da URCA, esse é um trabalho bem articulado que envolve todos os segmentos da comunidade acadêmica, desde a gestão superior se empenhando em um conjunto de ações consolidadas de assistência estudantil, com apoio do Governo do Ceará e sistematizado da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Educação Superior e Inovação (Secitece). Isso, num esforço articulado de todas as esferas, e envolve outros atores da comunidade acadêmica. Desde os servidores que atuam em todas as esferas administrativas e principalmente aos estudantes. A Universidade é uma possibilidade de transformação nas vidas”, diz o Reitor. 

Para ele, os alunos entram na instituição, têm o orgulho de ser URCA e finalizam seus cursos dentro dos prazos estabelecidos no plano político pedagógico de cada curso, num esforço muito grande, e colocam a instituição dentro de uma condição de destaque nacional, das universidades públicas. “Isso indica que é acertada a opção pelo ensino superior, gratuito e de qualidade, e uma universidade cada vez mais ampla e com compromisso social, de entregar nos prazos estabelecidos profissionais formados à sociedade”, avalia.

O segundo menor índice ficou com a da Fundação Universidade Federal de Rondônia (Unir), com uma taxa de 6,74%, seguida pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com a taxa de 6,90%, a terceira mais baixa do país. Fonte: Site da URCA

Nenhum comentário:

Postar um comentário