segunda-feira, 8 de abril de 2019

Depois de muitas polêmicas, Jair Bolsonaro resolve demitir ministro da Educação Ricardo Vélez

Velez deixa o ministério depois de várias polêmicas
Depois de muitas especulações, finalmente o presidente Jair Bolsonaro (PSL) confirmou, através do seu Twitter a demissão do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodrigues. Na nota, ele indicou o substituto do ministro anunciando o nome do economista Abraham Weintraub, professor universitário.

“Comunico a todos a indicação do Professor Abraham Weintraub ao cargo de Ministro da Educação. Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. Aproveito para agradecer ao Prof. Velez pelos serviços prestados".”, escreveu Bolsonaro em nota no Twitter.

A gestão de Ricardo Vélez vinha tendo problemas com envolvimento em muitas polêmicas desde o início do governo. A  demissão do ministro era tida como certa depois da participação do ministro na Comissão de Educação da Câmara Federal. 

Jair Bolsonaro já completou 03 meses de governo e essa é a segunda situação de embaraço com sua equipe de governo onde demite mais um ministro. O primeiro foi Gustavo Bebianno que era da Secretaria Geral do Governo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário