quinta-feira, 21 de março de 2019

Michel Temer e Moreira Franco são presos pela Lava Jato do Rio de Janeiro

Chegada de Michel Temer (Foto: TV Globo)
O ex-presidente Michel Temer foi preso em São Paulo na manhã desta quinta-feira (21) pela força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro. Os agentes também prenderam o ex-ministro Moreira Franco no Rio, o coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Temer. A PF cumpre, ao todo, 10 mandados de prisão.

Temer falou por telefone ao jornalista Kennedy Alencar, da CBN, no momento em que havia sido preso. O ex-presidente afirmou que a prisão "é uma barbaridade".

O juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato do Rio, ordenou a prisão de Michel Temer e mais 9 pessoas, onde Temer foi preso em São Paulo e em seguida levado para o Rio de Janeiro. De acordo com informações, a investigação está relacionada às obras da usina nuclear de Angra 3 e, segundo o MPF, o consórcio responsável pela obra pagou propina ao grupo de Temer. Ainda segundo a investigação, uma reforma no imóvel da filha de Temer, Maristela, teria sido usada para disfarçar o pagamento de propina. 

No pedido de prisão, o juiz Marcelo Bretas argumenta que Temer é "líder da organização criminosa" e "responsável por atos de corrupção". Informações G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário