quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

Governador Camilo Santana reuniu primeiro escalão para fazer balanço sem anunciar nova equipe

Governador fez última reunião do ano com equipe
do primeiro escalção(Foto: Saulo Roberto)
Governador Camilo Santana tem como meta para o primeiro ano de seu segundo mandato economizar até R$ 1 bilhão de despesas e aumentar a receita em até R$ 1 bilhão. A previsão do governo foi divulgada ontem pelo secretário chefe do Gabinete do Governador, Élcio Batista.

Ontem, Camilo promoveu a última reunião do seu primeiro Governo com o secretariado e fez um balanço positivo da gestão. A expectativa maior, que era a do anúncio dos novos nomes do primeiro escalão do Governo, acabou frustrada. Ainda há pendências na lista, o que impede a divulgação, segundo auxiliares do chefe do Executivo.

Enquanto ajusta os últimos detalhes do arranjo para contemplar técnicos e aliados políticos, o governador segue a estratégia de dar destaque para a política de redução de gastos que pretende implantar no novo governo.

O chefe do Executivo, recentemente, sancionou Lei aprovada pela Assembleia Legislativa, reduzindo de 27 para 21 o número de secretarias da gestão. No entanto, Batista ressaltou como relevante o fato de a administração ter cortado quase mil cargos comissionados, destacando ainda que o Governo pretende reduzir o tamanho da máquina e focar nas 'atividades-fim'.

O chefe de gabinete, Élcio Batista afirmou que até o dia 1º de janeiro o governador deve definir a nova equipe. "Há expectativa que ocorra até o dia 28, mas dia 1º deve ser a data mais provável", afirmou. Questionado se o anúncio seria feito de uma só vez, em sequência, o chefe do Gabinete disse que toda a equipe deve ser anunciada, com uma ou outra exceção. Com informações do Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário