terça-feira, 20 de novembro de 2018

Jair Bolsonaro afirma que 'parte' da Petrobrás pode ser privatizada

Bolsonaro confirmou também o nome do futuro
presidente da estatal que é a favor da privatização
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) revelou, em entrevista a jornalistas nesta segunda-feira, 19, no Rio de Janeiro, que não está descartada a privatização da Petrobras. Segundo o futuro chefe do executivo, "parte" da estatal pode ser privatizada.

"Nós estamos conversando sobre isso aí. Eu não sou uma pessoa inflexível", disse. Bolsonaro continuou afirmando que é preciso construir "uma plano como esse" com "muita responsabilidade".

"Entendo como uma empresa estratégica que pode ser privatizada em parte", disse.

A fala acontece após o vice-presidente da República eleito, Hamilton Mourão, afirmar mais cedo nesta segunda-feira, 19, que as áreas de prospecção e de inteligência da Petrobras não serão privatizadas. Ele também elogiou a escolha de Roberto Castello Branco como futuro presidente da empresa estatal, confirmado nesta segunda-feira para assumir a estatal no governo Jair Bolsonaro.

"O núcleo duro da Petrobras, que é onde tá a prospecção e a inteligência, o conhecimento, isso não vai ser privatizado. Agora podemos negociar distribuição e refino, é algo que pode ser negociado", disse o general da reserva.

A nomeação de Castello Branco para a presidência da estatal foi anunciada pelo futuro presidente no início desta segunda-feira. O escolhido é um defensor da privatização da companhia. A postura foi defendida em artigos recentes publicados em veículos de imprensa.

O nome de Castello Branco foi indicado por Paulo Guedes a quem Bolsonaro deu "carta branca" na escolha de nomes. Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário