quinta-feira, 25 de outubro de 2018

PIS/Pasep: Mais de 46 mil pessoas do Ceará ainda não foram sacar o benefício

Ainda restam R$ 35,7 milhões do abono salarial ano-base 2016 disponíveis para 46,4 mil trabalhadores cearenses. Os beneficiários têm até 28 de dezembro para procurar uma agência bancária e sacar o dinheiro. 

Para o economista Ricardo Eleutério, uma das recomendações para os beneficiários é pagar contas em atraso. "Caso a pessoa esteja endividada, a sugestão é quitar dívidas porque sobre as dívidas incidem juros e o Brasil tem uma taxa de juros extremamente elevada".

Além disso, ele afirma que quem estiver com uma situação financeira mais equilibrada pode apostar em alguma aplicação financeira. "A recomendação é utilizar esse recurso em alguma aplicação mesmo que conservadora, como a poupança, que não tem imposto de renda, por exemplo. A poupança seria um bom abrigo. Se a pessoa tiver um pouco mais de sofisticação financeira, ela pode procurar outras aplicações com rentabilidade, mas ela pode se deparar com alguns riscos".

Direitos
Tem direito ao abono salarial ano-base 2016 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos, e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). A quantia a que cada trabalhador tem direito depende do tempo que ele trabalhou formalmente em 2016. Quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de 1/12, e assim sucessivamente.

Trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa Econômica Federal. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela Internet ou pelo telefone 0800-726 02 07. Para servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pelo telefone 0800-729 00 01. Fonte: DN

Nenhum comentário:

Postar um comentário