quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Governo Federal promete chegada das águas do São Francisco até o fim do ano à Fortaleza

O cinturão das águas vai levar água para todo o Ceará
Uma promessa do governo federal, de remanejar recursos no total de R$ 100 milhões de outros projetos nacionais, pode antecipar a chegada das águas da Transposição do Rio São Francisco à Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) até o fim deste ano. 

A notícia foi divulgada na tarde dessa quarta-feira pelos ministros Carlos Marun, da Secretaria de Governo da Presidência da República; e Antônio de Pádua de Deus Andrade, da Integração Nacional, durante encontro com representantes do governo do Estado no Palácio da Abolição.

O secretário chefe do Gabinete do Governador do Ceará, Élcio Batista, e o secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, apresentaram o projeto da obra do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) a Carlos Marun e Antônio de Pádua. A reunião teve duração de cerca de duas horas e contou com representantes técnicos do Estado e ministérios.

O ministro Antônio de Pádua de Deus, da Integração Nacional, lembra que a Transposição teve início há 11 anos e que o atual governo liberou R$ 2 bilhões. "Estamos trabalhando 24 horas para que as águas cheguem ao Ceará. Nesse trecho dois, com esse aporte de R$ 100 milhões, a água chegará ao Castanhão e depois a Fortaleza. O CAC é uma obra complementar à transposição e sabemos da sua importância. É uma espécie de terceiro eixo da obra da Transposição".

Antônio de Pádua garantiu que, nos próximos dias, o governo federal vai anunciar oficialmente a data das chegadas das águas ao Estado do Ceará. Estamos avaliando com os técnicos. Acredito que o presidente Temer se posicionará no início da próxima semana em relação à liberação dos recursos extras". O ministro ressaltou que os R$ 100 milhões são apenas para o CAC. Com informações do Diário do Nordeste 

Nenhum comentário:

Postar um comentário