quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Vacinação contra sarampo e poliomielite terá um novo 'Dia D'

Sem atingir a meta de vacinação contra sarampo e poliomielite, o Ministério da Saúde passou a orientar estados e municípios para que mantenham os postos de saúde abertos em horário estendido no próximo sábado (1º). Na prática, a medida ocorrerá como um segundo "dia D" da campanha de vacinação contra as duas doenças.

A quatro dias do fim da mobilização, prevista para ser encerrada amanhã, balanço da Pasta aponta que 3,3 milhões de crianças de um ano a menores de cinco anos ainda não foram vacinadas -o equivalente a 30% do público-alvo, composto por 11 milhões de crianças desta faixa etária. Diante da dificuldade, o Ministério da Saúde orienta que estados e municípios que não alcançaram a meta realizem um novo dia de vacinação.

A organização do novo dia D, porém, dependerá de cada secretaria de saúde.

O Ministério da Saúde orienta aos pais que busquem informações junto à rede de saúde sobre quais postos devem ficar abertos ao longo do dia.

Segundo o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, a nível nacional não há previsão de prorrogar a campanha, já que as vacinas estão disponíveis no calendário da rede de saúde. A decisão sobre uma possível prorrogação, assim, dependerá de cada estado. Até terça-feira (28), apenas um deles já havia atingido a meta: caso do Amapá, com 99,8% das crianças dessa faixa etária vacinadas contra a pólio e 99,4% contra o sarampo. Outros estados, no entanto, ainda apresentam baixas coberturas. É o caso do Rio de Janeiro, com pouco mais de 51% das crianças já vacinadas, e do Distrito Federal.

Entre as capitais, os menores índices estão em Boa Vista e Salvador, ambas com cerca de 38% das crianças não vacinadas. Com informações Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário