sábado, 14 de julho de 2018

Câmara Municipal de Iguatu implanta Plano de Cargos e Carreira para seus servidores

A Câmara Municipal de Iguatu com a presença do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Iguatu (SPUMI) e servidores da casa, deliberou em duas votações a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos funcionários do Poder Legislativo.

Com a implantação do PCCS, os servidores da CMI terão direito à aposentadoria sem prejuízo dos vencimentos; progressão de carreira; gratificações por titulação e a regularização das gratificações.

A mesa de negociações se intensificou no último ano ocasião em que teve mais avanços significativos rumo a consolidação do incentivo. Há 30 anos o funcionalismo não possuía o incentivo. Servidora e presidente do SPUMI em 2016, Fatima Siqueira, afirmou que a luta da categoria iniciou naquele ano. “Todo servidor sabe a importância do plano. Devemos reconhecer o valor do sindicato que nos represente. Esse mesmo sindicato foi quem financiou o estudo do plano”, lembrou.

Atual presidente do sindicato, Pablo Neves, afirmou que o grupo de vereadores entra para história com aprovação da pauta que passou pelas salas de comissões antes de ser votado. “Fizeram-se justiça com que estão e com que os virão com a aposentadoria futura. O PPC dará uma perspectiva futura aos profissionais”, lembrou.

O presidente da Câmara, Mário Rodrigues (PDT) autorizou no final do ano passado o processo por meio da Assessoria Jurídica do Legislativo e a do Sindicato que desde então seguiram com várias negociações. “Tivemos sempre esse compromisso do que for bom pro servidor, conduzir a situação da melhor forma em prol de honrar”, lembrou.

No decorrer das negociações uma proposta do plano por meio de um estudo técnico foi entregue pelo sindicato à Mesa Diretora. Lindovan Oliveira (PSD) ressaltou que o incentivo implicará no desempenho dos parlamentares. “Com a luta dos sindicatos e a aquiescência da Mesa Diretora chega-se a esta conquista. Os servidores que nos ajuda muito na condução dos trabalho internos, estão de parabéns”, disse.

Rubenildo Cadeira (PRB), líder do prefeito na casa, ressaltou a unanimidade na votação da matéria. “Hoje todos aprovamos um pauta em consenso. Valorizamos uma categoria importante do nosso funcionalismo”, disse.

A aprovação do projeto garantirá a valorização dos servidores.  50 % do PCCS será implantado em julho e outros 50 % em Janeiro.  O Poder Legislativo atualmente é composto por 16 servidores. Com informações da Assessoria da Câmara Municipal de Iguatu

Nenhum comentário:

Postar um comentário