domingo, 27 de maio de 2018

PT do Ceará realiza ato de lançamento de pré-candidatura de Lula à Presidência

Evento contou com grande número de militantes
A militância do PT do Ceará realizou evento na noite deste último sábado (26), na Praça da Gentilândia, no bairro Benfica, para o lançamento da pré-candidatura de Lula para eleições presidenciais de 2018. 

Eventos como este foram realizados em vários municípios pelo Brasil onde ainda serão realizados também neste domingo com o objetivo de consolidar o ex-presidente Lula como pré-candidato do PT para disputar as eleições deste ano. De acordo com as recentes pesquisas, Lula lidera as pesquisas de intenções de votos em todos os cenários e esse fato deve ter sido o grande motivo para a realização desses eventos simultâneos de lançamento da sua pré-candidatura em pelo menos 24 estados da Federação. 

O ex-presidente Lula, preso desde o dia 07 de abril onde foi condenado no caso do triplex de Guarujá, deverá ter sua candidatura lançada oficialmente, segundo o partido, em agosto. 

Moisés Braz, presidente do PT no Ceará, participou do evento em Fortaleza e afirmou que o evento teve o objetivo de afirmar para militantes do partido que Lula será o candidato nas próximas eleições. Segundo ele, o evento é a maneira de fazer com que possa “sentir que a militância está firme e que o partido está unido em torno da candidatura de Lula”.

Já o deputado estadual Elmano de Freitas afirmou que “atualmente o maior inimigo da candidatura do Lula é a dúvida se ele pode ser candidato. Tudo o que a gente faça para quebrar essa dúvida é bom”, declarou Freitas.

O governador do Ceará que é do PT não compareceu por conta de uma viagem para a região do Cariri e segundo informações do presidente do PT, Camilo Santana não chegou a ser convidado para o ato de lançamento da pré-candidatura de Lula, no Ceará. O governador cearense já havia afirmado em entrevistas que a impossibilidade da candidatura de Lula abriria oportunidades para a unidade em torno do nome de Ciro Gomes, do PDT, para a presidência. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário