terça-feira, 10 de abril de 2018

Sessão na Câmara Municipal de Iguatu comemora os 100 anos da Ordem DeMolay

Momento da Sessão da Câmara (Foto: Assessoria)
Por ocasião dos 100 anos da Ordem DeMolay no Mundo em 2019, a Câmara Municipal de Iguatu (CMI) na última quinta-feira, 05, prestou homenagem à entidade com a presença da representação local da Loja Maçônica Deus e Liberdade Nº 10.

A proposta, apresentada pela mesa diretora, tinha como finalidade mostrar à sociedade o papel fraternal e filantrópico de jovens com idade entre 12 e 21 anos, integrantes da Maçonaria, que possuem em seu fundamento princípios essenciais tais como amor filial, reverência pelas coisas sagradas, cortesia, companheirismo, fidelidade, pureza e patriotismo.

Em 1996, por meio da Loja Deus e Liberdade Nº 10, a cidade recebeu a primeira representação da ordem DeMolay. Gleuberton Cartaxo, representante da loja, ressaltou o pioneirismo no município da maior organização juvenil masculina do mundo com fins filosóficos e filantrópicos. “Temos DeMolays em todos os segmentos da sociedade, professores, advogados e comerciantes. Jovens que foram fomentados a acrescentar a sua liberdade no âmbito civil, intelectual e político. Os jovens também são incentivados a desenvolver atividades de cunho social, muitos afirmam não terem ciência do que é desenvolvido, mas assim como a Maçonaria, a ordem tem como princípio a discrição”, explicou.

Mais de 250 jovens passaram pela ordem em Iguatu em 22 anos de existência. A solenidade também foi alusiva ao Dia Nacional e Municipal da Ordem DeMolay, comemorado anualmente no dia 18 de março.

O secretário Geraldo Júnior leu a carta de agradecimento e contou a história do grupo na cidade. “Trazemos aos jovens iguatuenses o verdadeiro espírito de liderança. Precisamos todos da ordem DeMoley. Ela formou grandes líderes, porém não basta ser líder, temos que exercer as sete virtudes”, afirmou.

Vereador Antônio Baixinho (PSB) lembrou uma das ações dos jovens em destinar livros para biblioteca cultural na comunidade de Vila Neuma. “A nossa comunidade teve o registro desse compromisso com a educação desses jovens. Uma comunidade vulnerável a muitas coisas e eles tiveram a ideia de destinar livros que até hoje servem à comunidade”, lembrou.

Mário Rodrigues (PDT), presidente da CMI, avaliou a passagem do grupo no Legislativo e enalteceu o trabalho desenvolvido por eles na cidade. “Temos o conhecimento da formação e lapidação moral e intelectual desses jovens. Agradecemos à Ordem pelo serviço que presta à sociedade iguatuense”, avaliou.

A Ordem DeMolay, que é uma organização fundada em 18 de março de 1919, nos Estados Unidos, possui cerca de quatro milhões de membros em todo o mundo, sendo mais de 200 mil no Brasil. Com informações da Assessoria da CMI

Nenhum comentário:

Postar um comentário