domingo, 25 de março de 2018

Ônibus são incendiados em Fortaleza na noite deste sábado

Ônibus foram totalmente destruídos pelo fogo
(Foto: Julio Caesar/O Povo)
Pelo menos sete ataques a ônibus foram registrados em Fortaleza na noite deste sábado, 24. O Corpo de Bombeiros confirmou um veículo incendiado na av. Presidente Castelo Branco, conhecida como Leste-Oeste, no bairro Moura Brasil, e outros dois na Praça Coração de Jesus, no Centro. Um coletivo na rua G do bairro Vila Velha também foi incendiado. Três pessoas foram presas.

O POVO Online apurou que pessoas subiram no coletivo que faz a linha complementar 752 - Caça e Pesca / Centro, na av. Leste Oeste, por volta das 19 horas, e jogaram gasolina no veículo. 

Às 19h20min, passageiros que embarcavam em um ônibus na Praça Coração de Jesus foram ordenados a descer. Os criminosos jogaram gasolina e atearam fogo no veículo. Outro ônibus estava parado ao lado e foi atingido. O Corpo de Bombeiros confirmou que um ônibus teve perda total e outra parcial.

Outro atentado na rua Padre Mororó, no Centro, foi frustrado pela Polícia Militar. Houve tentativa também em Caucaia, no bairro Conjunto Metropolitano, mas o veículo não chegou a ser incendiado.

Toda a frota de ônibus da Capital está sendo recolhida, seguindo decisão do Sindicato das Empresas (Sindiônibus). 

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), localizada na av. Expedicionários, no bairro Montese, foi atacada a tiros nesta noite. Em nota, a Etufor informa que o sistema de transporte coletivo de Fortaleza terá esquema especial de funcionamento durante a noite deste sábado e a madrugada do domingo, com operação de linhas que possam atender a população usuária do sistema de ônibus urbanos da Capital.

"Diante dos fatos ocorridos, com ataques e atos de vandalismo, os veículos irão circular em comboios com acompanhamento de viaturas da Policia Militar e Guarda Municipal", diz a nota.

Com os ônibus recolhidos, passageiros que aguardavam as linhas nesta noite nos terminais da capital buscam outras formas de voltar para casa. No Terminal da Messejana, o policiamento foi reforçado.  Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário