quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Secretaria da Assistência Social de Iguatu avança em ações, programas e serviços

Secretária Eliane Braz em evento da Assistência
Em pouco mais de um ano, a Secretaria Municipal da Assistência Social avançou em ações, programas e serviços. Ao todo, quase 40 mil pessoas são atendidas. O objetivo da prefeitura é mudar a realidade de famílias iguatuenses em situação de vulnerabilidade social. Um dos alvos da Administração de um Novo tempo é o cuidado com pessoas que necessitam de apoio e estão em um contexto econômico-social desfavorável.

Em balanço realizado pela própria secretaria, somente por meio do Programa Bolsa Família, foram atendidas 10.367 famílias. Pelo Programa Criança Feliz, 600 famílias. Pelo Cartão Mais Infância Ceará, 308 famílias foram contempladas. Pelo Programa Primeiro Passo, 80 jovens foram beneficiados. No Cadastro Único, 19.059 famílias estão atualmente inscritas para programas e benefícios do Governo federal.

Além desses, estão sendo executados 21 projetos, sendo 17 na Proteção Social Básica e 04 na Proteção Social Especial. Hoje, o Conselho Tutelar conta com uma sede própria. O local foi inaugurado este ano, com toda a infraestrutura e logística necessárias para o bom funcionamento dos serviços.

A reforma da Unidade de Acolhimento Institucional (Abrigo) já está em andamento para melhor atender à população, podendo contar com uma equipe multidisciplinar para realizar atendimento especializado.

Novos programas foram aderidos, a exemplo do Primeira Infância no Suas – Criança Feliz, Cartão Mais Infância Ceará e Acessuas Trabalho. Passou-se a ofertar duas alimentações saudáveis e nutritivas aos usuários dos serviços. Foi reaberta a Cozinha Comunitária, aumentando o número de refeições diárias com cardápio variado e elaborado por nutricionistas.

Essas foram algumas ações desenvolvidas pela secretaria da Assistência Social em 2017. Para o ano de 2018, muitas metas deverão ser colocadas em prática por meio de emendas parlamentares, como por exemplo, a criação de uma unidade de Acolhimento para Idoso; uma Unidade de Acolhimento para crianças e Adolescentes; um Centro de POP, um CRAS no João Paulo II; 01 CRAS no Alencar; um CREAS; além de equipamentos para as unidades da secretaria e aquisição de veículos. Com informações da Assessoria de Comunicação da PMI

Nenhum comentário:

Postar um comentário