sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Governador Camilo Santana entrega cinco estações de tratamento de água para o interior do Estado

ETA transforma água poluída em água potável
Cinco estações de tratamento de água (ETAs) móveis foram entregues na manhã de ontem. O maquinário deve beneficiar 12 mil famílias de comunidades rurais do Cariri Oeste, Sertões de Crateús, Inhamuns e Sobral, a partir da próxima semana. Adquiridas pelo Governo do Estado com recursos do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida), as estações foram produzidas pela Odis Filtering, empresa israelense líder em tratamento de água.

Presente no evento de entrega, no Parque de Exposições César Cals, o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, elogiou o pioneirismo do Ceará em implantar a iniciativa. Para ele, “o custo não é tão relevante”. Cada sistema custou R$ 1 milhão. Além das ETAs, o maquinário tem três carros-pipa e uma caminhonete. Mais dois sistemas devem ser adquiridos pelo Governo até 2018.

As ETAs móveis transformam água poluída, salobra ou contaminada em potável. “A água tratada vai ser destinada ao consumo humano, não à agricultura. O custo logístico também vai ser reduzido, em comparação ao uso de carros-pipa, porque vai funcionar perto de fontes locais”, calculou Dedé Teixeira, secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado (SDA). A pasta será responsável por três das máquinas, no tratamento de água de pequenos reservatórios. A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) vai gerir as outras duas, para purificação de água salobra.

O custo de tratamento de água varia conforme a origem e os níveis de impureza, salinidade e até temperatura. A cada 15 horas, a ETA móvel produzirá até 75 mil litros de água potável, o que faz os cinco sistemas suficientes para suprir a demanda estadual até a próxima quadra chuvosa, de acordo com o governador Camilo Santana (PT). Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário