domingo, 27 de agosto de 2017

Prefeitura Municipal de Cedro intensifica ações de combate à Dengue, Zica e Chikungunya

Agentes de endemias atuando em combate ao mosquito
As diversas ações da Prefeitura Municipal de Cedro de enfrentamento à Chikungunya, Dengue e Zika ocorrerão ao longo do ano. O intuito é sensibilizar a população a combater os focos do mosquito Aedes aegypti. A blitz educativa realizada no bairro Bairro Pega Avoante contou com a presença do prefeito Dr. Nilson Diniz e da secretária de Saúde Sayonara Moura, além da brigada municipal, profissionais de saúde e população em geral.

O prefeito afirmou que a mobilização é essencial para levar orientação aos moradores e destacar a gravidade causada pelas arbovirores. “A melhor forma de se evitar a dengue é combater os focos de acúmulo de água, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Estamos realizado um forte trabalho para que não tenhamos casos alarmantes”, pontua Dr. Nilson Diniz.

Durante as ações são entregues materiais de orientação e conscientização aos pedestres, motoristas e motociclistas que passam pelo local. A concentração aconteceu na Escola Arakém Sedrim de Aguiar. Equipes de secretarias municipais e da Unidade Básica Saúde da Família deram suporte durante à Blitz Educativa, percorrendo ruas do bairro e dialogando com os moradores. “A ideia, por toda a semana, é demonstrar à população que 10 minutos por semana são suficientes para evitar a dengue”, reforçou a secretária Sayonara.

O coordenador do Comitê, Marciel Bezerra, explica que o motivo das ações é percorrer semanalmente os bairros que apresentam índices preocupantes. “O ciclo de vida do transmissor da dengue, do ovo até a fase adulta, leva cerca de sete a 10 dias”, ensina, acrescentando: “Estamos iniciando a verificação e a eliminações dos criadouros juntamente com os moradores para evitar o nascimento de novos mosquitos”.

Os agentes de combate às endemias e agentes comunitários de saúde têm papel fundamental na concretização destas ações por estarem diariamente com as famílias. Jonas Oliveira (agente combate às endemias) ressalta a ampliação de ações neste semestre como algo determinante. “Reforçar as ações agora, para no período de chuvas não termos registros das doenças”.

Outras ações
O Comitê Municipal de Contingência para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika realizou parceria com o setor de arrecadação municipal no sentido de fornecer orientações junto à entrega do IPTU 2017. Em outra parceria, o Ministério Público enviou ofício às emissoras de rádio locais, tornando-as agentes de divulgação da campanha. O promotor de Justiça, Dr. Leydomar Nunes Pereira, solicitou dos moradores empenho no combate e prevenção dos focos do mosquito transmissor.

Dados
O último boletim epidemiológico das arboviroses divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, de 18 de agosto, revela que o município de Cedro registrou 24 casos de chikungunya, sete de dengue e nenhum de zika. Sobre o Índice de Infestação Predial (IPP), o município tem menor índice da 17º Regional de Saúde, registrando 1,57%. Fonte: Site da Prefeitura do Cedro

Nenhum comentário:

Postar um comentário