sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Só faltava essa! Feijão verde entra na lista dos produtos falsificados em Fortaleza

O feijão verde já faz parte da culinária de Fortaleza e tornou-se o prato principal de alguns restaurantes locais, mas é preciso tomar cuidado ao comprar o alimento para fazer em casa. A comerciária Swaly Garcia comprou um pacote de feijão na manhã de quarta-feira (25), mas depois percebeu que o produto era falsificado.

Os grãos tinham sido pintados com tinta verde para parecer original. Swaly explica que comprou o pacote em um ambulante entre a Av. Barão do Rio Branco e a rua Pedro Pereira, no Centro. "Depois que comprei, uma senhora me parou na outra rua e informou que o vendedor era conhecido por vender produtor falsos. Eu fiquei na dúvida e decidi fazer o teste", conta.

A comerciária percebeu que no final do pacote já dava para ver um pouco de tinta. Após tentar cozinhar o feijão, ela teve a confirmação de que foi enganada ao ver todo o pigmento verde dentro da panela. 

A denúncia foi enviada pelo filho de Swaly para o Diário do Nordeste. Para mandar flagrantes ou denunciar, é só escrever uma mensagem para a ferramenta VCrepórter no WhatsApp adicionando o número (85) 8948 8712 no seu aplicativo.

Venda irregular

Swaly conta que o camelô fica sentado na calçada com um grande saco cheio de pacotes. O menor custa R$ 2 e o grande R$ 5. Segundo a Secretaria de Saúde e a Vigilância Sanitária de Fortaleza, o próprio feijão verde não pode ser comercializado por camelôs e a venda está sendo feita irregularmente. 

A secretaria aconselha as pessoas que comprarem este tipo de produto, mesmo original, a fazerem uma denúncia na Regional Centro ou na ouvidoria do órgão para que seja realizada uma fiscalização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário