quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Prefeitura de Iguatu e Adagri capacitam agricultores para destino correto de embalagens de agrotóxicos

O uso inadequado de agrotóxicos no combate às pragas da agricultura ou a destinação incorreta das embalagens vazias causam intoxicações à população e danos ao meio ambiente.

O uso de equipamentos de segurança no manuseio, a técnica da tríplice lavagem, a reciclagem controlada de embalagens vazias ou a incineração em fornos especiais são maneiras adequadas de tratar resíduos agrotóxicos. 

O Programa de Embalagens Vazias de Agrotóxicos destina os resíduos agrotóxicos gerados no campo sem agredir o meio ambiente e afasta qualquer risco a saúde da população, afim de permitir o desenvolvimento sustentado rural do Estado. 

Este programa está embasado em leis federais e estaduais que obrigam a devolução, pelos agricultores, das embalagens vazias de agrotóxicos após a tríplice lavagem. A devolução deve ser feita nos postos de recebimento licenciados, no prazo de até um ano a partir da data da nota fiscal. 

Baseado nessas dados é que a Prefeitura de Iguatu, através da Secretaria de Meio Ambiente, em parceria com a ADAGRI-Agência de Desenvolvimento Agrário do Ceará e Secretaria de Agricultura do município, vem colocando em prática esse programa que visa conscientizar o produtor rural a dar um destino correto às embalagens de agrotóxicos. Para isso foi feita uma capacitação para agricultores da região da Santa Rosa. Essa capacitação leva essa proposta de melhoria para o homem do campo em relação à sua saúde e para o meio ambiente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário