segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Prazo para substituição de candidatos no TSE termina nesta segunda

Termina hoje o prazo que os partidos teriam para substituir seus candidatos a presidente, governador e senador. Segundo norma publicada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a data máxima para a substituição é de 20 dias antes do primeiro turno das eleições de outubro, que neste ano é dia 5 de outubro.

Nos últimos dias dois candidatos ao governo que lideravam as pesquisas renunciaram: Neudo Campos (PP), de Roraima, e José Roberto Arruda (PR), do Distrito Federal. Os dois foram considerados ficha-suja pela Justiça. O deputado estadual José Riva (PSD-MT), que disputava o executivo do Mato Grosso, também renunciou.

Segundo o TSE, o prazo foi estabelecido para que as urnas sejam recadastradas com os novos nomes caso haja substituição.

Até as últimas eleições candidatos podiam ser substituídos até um dia antes do pleito, e como vários processos de cassação de registro de candidatura só foram julgados nas vésperas da votação, muitos candidatos foram substituídos com pouco tempo de antecedência e concorreram com nomes e fotos dos antecessores.

Para substituir o candidato, o novo nome precisa ser aprovado por todos os partidos que compõem a coligação. Candidatos só poderão ser trocados após a data de hoje apenas em caso de morte do postulante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário