terça-feira, 30 de setembro de 2014

Cogerh diz que 62 açudes do CE estão com menos de 10% da capacidade

Dos 149 açudes cearenses monitorados pela Companhia de Gestão de Recursos Hídricos do Estado (Cogerh), 62 estão com menos de 10% da capacidade, quantidade equivalente ao volume morto. No início de setembro, número de reservatórios nesta condição era de 48.

A taxa atual de armazenagem de água, somando todas as regiões do Ceará, é de 26,2%. Considerando a demanda pelo líquido em diversas utilizações, mais a perda por evaporação, estimativa da Companhia é que o nível chegue a 20% até o fim de dezembro, segundo o órgão.

A situação mais crítica encontra-se na bacia hidrográfica dos Sertões de Crateús, em que nove dos dez açudes supervisionados pela Companhia estão secos. Naquela área, apenas a Barragem do Batalhão, que atende à sede de Crateús, está em condição razoável, com 54% de reserva. Entretanto, este manancial tem baixo potencial de armazenamento e é incapaz de oferecer segurança hídrica à população.

Para tentar minimizar os danos, de acordo com a Cogerh, está sendo construída uma adutora ligando o açude Araras, localizado em Varjota, à cidade da região dos Inhamuns. "Além de Crateús, a adutora também vai abastecer o município de Nova Russas e todos os distritos por onde passar", explica o chefe de gabinete da presidência da Companhia, Berthyer Peixoto. O reservatório do Araras já atende, hoje, à população de Sobral, e está com 14,5% da capacidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário