segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Candidata Mirian Sobreira sofre mais uma derrota, desta vez no TSE

Mirian Sobreira
A candidata de Iguatu, Mirian Sobreira, que tenta disputar mais uma vez a vaga de deputada estadual sofre mais uma derrota na justiça. Desta vez foi no TSE-Tribunal Superior Eleitoral quando o ministro Henrique Neves da Silva, por decisão monocrática, negou o mandado de segurança impetrado pela referida candidata, por conta da decisão do TRE-CE, que através de ação do Ministério Público Eleitoral do CE, entrou com uma ação de impugnação do registro de candidatura em virtude de recebimento de doação de empresa acima do limite permitido pela legislação eleitoral. 

Na decisão proferida pelo ministro, foi negado o seguimento do recurso, conforme consta no site do TSE. Registrado(a) Decisão Monocrática no(a) MS Nº 1195-26.2014.6.00.0000 em 11/09/2014 - Negação de seguimento. 

Por outro lado, neste dia 15 de setembro a deputada Mirian Sobreira entrou com uma medida cautelar (ação que tem a finalidade de, temporária e provisoriamente, assegurar um direito) junto ao TSE. 

Por conta dessa decisão do ministro do TSE, Henrique Neves da Silva, fica complicada a situação da referida candidata que busca uma vaga na Assembleia do Ceará. A opção seria um nome para substitui-la mas o prazo para substituição de nomes que concorrem ao cargo de deputado findou no último dia 05 de agosto, 60 dias antes das eleições.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário