quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Brasil registra transmissão de vírus "primo da dengue" pela primeira vez

Pela primeira vez na história, o país registrou transmissão do vírus chikungunya em território brasileiro. A febre chikungunya, conhecida como a "prima da dengue", também é transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti eAedes albopictus.

Segundo informou o Ministério da Saúde, nesta terça-feira (16), dois casos, de um pai de 53 anos e sua filha de 31 anos, foram confirmados em Oiapoque (AP); e tudo indica que não são casos importados.

"Como eles não relataram viagem a nenhum país que tenha transmissão, estamos considerando dois casos autóctones", afirmou Jarbas Barbosa, secretário de vigilância em saúde do ministério.
Até então, o país tinha sido informado sobre 37 casos "importados", ou seja, em pessoas que foram infectadas no exterior. Antes de 2014, o Brasil só havia registrado três casos "importados" da doença, todos em 2010. Nenhuma morte foi registrada pelo chikungunya no país.

Os sintomas de dengue e chikungunya são muito parecidos, incluindo febre, mal estar, dor de cabeça e dores nas articulações - no chikungunya, essas dores podem se prolongar por três meses. De acordo com Barbosa, a febre chikungunya raramente se torna um caso grave, o que pode acontecer em idosos com comorbidades, como câncer e cardiopatias graves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário