terça-feira, 26 de agosto de 2014

Comunidades rurais do interior cobram instalação de obras de abastecimento

Centenas de comunidades rurais aguardam no Interior do Estado a instalação de obras de abastecimento hídrico do Programa Água para Todos, realizado pelo Governo do Estado por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), em parceria com o Ministério da Integração Nacional. O investimento total é de R$ 200 milhões e o programa prevê implantação de 1.361 sistemas. Desse total, 319 estão em execução e 180 foram entregues.

Moradores reclamam do atraso nas obras. A escassez de água no sertão tende a se agravar no decorrer deste segundo semestre. Em pelo menos dez municípios a demora é superior a quatro meses para a instalação dos sistemas de abastecimento de água. Em Saboeiro, nos Inhamuns, uma das áreas mais secas do sertão cearense, a ordem de serviço foi assinada em fevereiro passado, mas até hoje os projetos não foram implantados em quatro comunidades rurais: Serra do Mota, Cachoeiro do Sinfrônio, Aroeira e Canal.

O atraso nas obras de abastecimento de água traz dificuldades para as famílias e para os gestores municipais. "A população cobra da Prefeitura e nós cobramos do governo, que alega atraso por parte das construtoras que venceram as licitações e não dão conta do volume de obra", afirma o vice-prefeito de Saboeiro, Gotardo Martins. As ações devem beneficiar 285 famílias, com investimento aproximado de R$ 1,3 milhão.

No município de Iguatu, na região Centro-Sul, seis comunidades rurais esperam desde março passado por implantação de projetos de abastecimento de água: Cavaco, Aceno, Cipó, Umburana dos Barbosas, Mirassul e Várzea da Lama. O projeto deve atender a 190 famílias em sua totalidade, com investimento na ordem de R$ 1,1 milhão.

Cobranças
O prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara, disse que já foram feitas diversas cobranças à SDA acerca do atraso nos projetos de abastecimento. "Já foram anunciadas várias datas para o início das obras, mas, infelizmente, os projetos ainda não foram iniciados", lamentou.

Em Lavras da Mangabeira, na região Centro-Sul do Estado, a SDA assinou ordem de serviço em fevereiro deste ano para implantação de quatro projetos de abastecimento do programa Água para Todos, prevendo o benefício a 190 famílias e investimento no valor de R$ 882 mil. "As obras começaram na semana passada, mas ainda não foram concluídas", disse o coordenador municipal do programa, Luís Carlos Augusto. "Temos 26 projetos e mais cinco para serem licitados e apesar do atraso estamos confiantes que serão concluídos ainda neste ano".

Nenhum comentário:

Postar um comentário