quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Ex-secretários do governo reassumem vaga na AL e já travam batalha contra oposição

Já começam os primeiros embates entre oposição e os ex-secretários de Cid Gomes (PSB) na Assembleia Legislativa. Logo no primeiro dia após o retorno ao Legislativo, Camilo Santana (PT) e Mauro Filho (PSB) já travaram debates diretos nesta quarta-feira, 11, com Heitor Férrer (PDT).

O embate ocorreu após Férrer questionar índices de execução de investimentos do Estado nas áreas de segurança pública e saúde – sobretudo em programas habitacionais. Questionando ainda os índices da violência no Estado, o pedetista afirmou que o Governo só investiu 42% do valor previsto para Segurança Pública este ano, de R$ 1,55 bilhão. "Lamentável que, no último ano do governo, as políticas públicas estejam só se arrastando".

Mauro Filho, que era secretário da Fazenda até semana passada, questionou números apresentados pelo pedetista. “Você está cometendo erros básicos de economia, não está citando os números corretamente”.

Já Camilo Santana, ex-titular de Cidades – pasta responsável pelos programas habitacionais do Governo –, exaltou investimentos na área. “Foi avanço que já até garantiu investimento extra em Brasília nessa semana. É preciso ter honestidade com os números”. Em resposta, Férrer acusou Santana de fazer “verborragia” e de ter discurso que não corresponde ao que é mostrado no Portal da Transparência do Estado. 

Volta dos ex-secretários de Cid já era vista como forma de dar “novo fôlego” para a base aliada do governador na Assembleia. De volta das pastas do governo, deputados ex-secretários são vistos como peça fundamental nas movimentações políticas para a eleição de 2014. Fonte: O Povo

Nenhum comentário:

Postar um comentário