sexta-feira, 29 de maio de 2020

Estado do Ceará tem menor taxa de contágio do País e estabiliza curva de Covid-19

Governador Camilo mostrando gráfico onde
mostra estabilização do contágio
Ainda não é a notícia que sempre quisemos dar, mas já é melhor do que muitas: a curva de contágio do novo coronavírus no Ceará está, hoje, estabilizada. 

Uma pesquisa do grupo Covid-19 Analytics, que reúne engenheiros, economistas e cientistas de dados, aponta que o Estado é o único de todo o País com taxa de contágio abaixo de 1 (0,92). 

Isso significa dizer que, em média, cada infectado no Ceará transmite o vírus para menos de uma pessoa - cenário que, se for mantido, deve frear o avanço da doença e diminuir o número de novos casos.

Atualmente, o Ceará tem 37.821 casos confirmados e 2.733 mortes por Covid-19. Outras 24.979 pessoas estão recuperadas. Em Fortaleza, são 21.328 confirmações da nova virose e 1.804 óbitos, enquanto os recuperados somam 13.950 casos. Os dados são do Integra SUS, plataforma da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), atualizados às 18h04 dessa quinta-feira (28).

O cálculo para se obter o número efetivo de reprodução (R) - nome oficial da "taxa de contágio" - considera variáveis como o crescimento de casos confirmados dia a dia, o número de pacientes recuperados e o de casos ainda ativos. Desse modo, outro fator que interfere nos resultados são os níveis de transparência na divulgação de dados por parte das secretarias de saúde estaduais, já que o Covid-19 Analytics utiliza fontes oficiais.

O levantamento da PUC-Rio mostra as taxas de contaminação no Ceará entre os dias 15 de abril, quando uma pessoa infectada no Estado transmitia a doença para outras 2,75; e 26 de maio, segundo dia em que a taxa ficou abaixo de 1, considerado o "ideal". O número favorável foi atingido ainda em 25 de maio, quando ficou em 0,99. A taxa atual do Brasil, de 26 de maio, é de 1,89.

O pico de transmissibilidade no Ceará, segundo os dados, foi registrado no dia 22 de abril, quando a taxa de contágio totalizou 3,01 - ou seja, um doente cearense passava o novo coronavírus para cerca de três pessoas, fazendo os casos se multiplicarem com maior velocidade. Fonte: Diário do Nordeste

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Governadores de vários Estados sinalizam retorno gradual das atividades comerciais

A lista de estados que planejam uma reabertura das atividades econômicas não essenciais só aumenta, sinalizando uma nova fase no enfrentamento da pandemia da Covid-19 no Brasil. Hoje (25), o Maranhão reabre parcialmente alguns negócios. 

Na quarta-feira, será a vez de o Distrito Federal. No último sábado, os shopping centers reabriram em Porto Alegre (RS), mas o movimento foi fraco.

Em junho, outros estados estudam reabrir suas economias, como é o caso do Ceará, que aguarda confirmar uma estabilização sustentável de sua curva de contágios.

No Maranhão, a reabertura será feita por etapas e dividida por setores, que vão seguir protocolos sanitários e de segurança. A partir de hoje, poderão funcionar, no Maranhão, estabelecimentos comerciais familiares de pequeno porte, onde somente trabalhavam, antes da pandemia, o proprietário e o grupo familiar (cônjuge, pais, irmãos, filhos ou enteados).

No DF, o decreto libera o funcionamento de shopping centers, centros comerciais e o comércio em geral a partir da próxima quarta-feira (27).

Rio de Janeiro, Minas Gerais e Acre também têm planos de reabertura. No Pará, o Governo recebe hoje (25) sugestões do setor produtivo para retomar as atividades econômicas. Em Santa Catarina, o comércio já voltou a funcionar. Fonte: Diário do Nordeste

STF decide que salões de beleza e barbearias vão continuar fechados no Ceará

Os salões de beleza e as barbearias vão continuar fechados no Ceará. A decisão é do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), que julgou, neste domingo (24), um recurso apresentado pelo Governo do Estado contra uma ordem de reabertura concedida pelo Tribunal de Justiça do Ceará.

O pedido de reabertura tinha sido apresentado pelo sindicato da categoria, citando um decreto do presidente Jair Bolsonaro que incluiu salões, barbearias e academias como serviços autorizados a funcionar durante a pandemia da Covid-19. Só que o ministro do STF reconheceu a competência estadual de manter esses estabelecimentos fechados por precaução. 

Na decisão, Luiz Fux considerou que a liminar concedida pela Justiça estadual representa grave risco de violação à ordem público-administrativa, bem como à saúde pública, dada a real possibilidade que venha a desestruturar as medidas adotadas pelo Estado como forma de fazer a essa epidemia.

O Supremo já havia reconhecido, anteriormente, que os estados têm competência para tomar medidas de enfrentamento ao novo coronavírus.

Na última sexta-feira (22), no entanto, o desembargador Jucid Peixoto do Amaral, do Tribunal de Justiça do Ceará, determinou, em decisão liminar, a suspensão do decreto do governador Camilo Santana que proíbe atividades em salões de beleza e barbearia durante a pandemia de coronavírus.

O desembargador atendeu a um pedido do Sindicato dos Salões de Barbeiros e de Cabeleireiros e Institutos de Beleza e Similares de Fortaleza.

Na justificativa, Jucid Peixoto afirma que deve prevalecer o decreto do presidente Jair Bolsonaro, que considera salões de beleza e barbearia serviços essenciais. Fonte: Diário do Nordeste

terça-feira, 19 de maio de 2020

Mais 200 respiradores e outros insumos chegam ao Ceará em avião vindo da China

Momento de descarregamento dos insumos
(Foto: Natinho Rodrigues)
Mais 200 respiradores e insumos adquiridos para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus chegaram ao Ceará, em aeronave que pousou no aeroporto de Fortaleza por volta de 15h40 desta segunda-feira (18). 

O material veio em uma carga de 103,7 toneladas trazida do exterior em avião oriundo da China, assim como no último mês de abril, quando o Estado adquiriu 90 toneladas de insumos hospitalares também provenientes do mesmo país, para abastecer a rede de saúde pública.

Além dos 200 respiradores, há equipamentos de proteção individual para os profissionais que estão atuando na linha de frente ao atendimento de pacientes e na manutenção das regras de isolamento social, segundo o Governo do Ceará.   

"São equipamentos pra ampliar ainda mais os leitos de UTI para o atendimento à população, que essa tem sido a luta diária, pra ampliação do serviço. Nós estamos ainda numa curva crescente de casos no Ceará. Portanto, há um aumento da demanda do tratamento, principalmente dos pacientes mais graves que exigem um leito de UTI, um internamento no hospital. Já são quase 70% a mais de leitos de UTI abertos no Ceará", ressaltou Camilo Santana. 

O Ceará soma 26.363 casos confirmados e 1.748 mortes provocadas por complicações da infecção causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), conforme dados divulgados no boletim da plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa),às 20h desta segunda-feira (18). Fonte: Diário do Nordeste

terça-feira, 12 de maio de 2020

Camilo Santana afirma que salões, barbearias e academias permanecem fechados no Ceará mesmo com decreto do presidente


Camilo Santana mantem esses comércios fechados
O presidente Jair Bolsonaro incluiu, nesta segunda-feira, as atividades de salões de beleza, barbearias e academias de esportes na lista de “serviços essenciais”, em um decreto publicado no Diário Oficial da União. 

Ainda que o Governo Federal estabeleça quais atividades podem continuar em meio à pandemia, o STF já decidiu que cabe aos estados e municípios o poder de estabelecer a classificação dos serviços essenciais. 

Em reação ao decreto, o governador do Ceará, Camilo Santana, disse, em rede social, que o decreto federal não altera em nada as normas estaduais.

"Informo que, apesar do presidente baixar decreto considerando salões de beleza, barbearias e academias de ginástica como serviços essenciais, esse ato em NADA ALTERA o atual decreto estadual em vigor no Ceará, e devem permanecer fechados. Entendimento do Supremo Tribunal Federal", escreveu o governador em sua rede social.

A decisão de Bolsonaro de incluiurentre os serviços considerados essenciais durante a pandemia do novo coronavírus as academias esportivas, salões de beleza e barbearias, não foi submetida à consulta ao ministro da Saúde, Nelson Teich, que participava de uma entrevista coletiva no Palácio do Planalto enquanto Bolsonaro fazia o anúncio e foi avisado do fato por repórteres. Ele manifestou surpresa e disse que não participou da decisão. Fonte: Diário do Nordeste

sábado, 9 de maio de 2020

Agências da Caixa funcionam neste sábado para pagamento de auxílio emergencial

Para diminuir a aglomeração de pessoas nas filas para sacar o auxílio emergencial no Ceará, a Caixa Econômica Federal informou que 27 agências funcionarão neste sábado. 

O serviço é destinado aos usuários que utilizam a Poupança Social Digital. 

O horário de atendimento é excepcional, de 8h às 12h, mas, segundo a Caixa, todas as pessoas que chegarem até esse horário serão atendidas, não sendo necessário madrugar nas filas. 

Confira as unidades que estarão abertas: 
Fortaleza: Aldeota - Av. Barão de Studart, 2191, Aldeota - Av. Santos Dumont, 2772, Centro - Rua Floriano Peixoto, 1084, Centro - Rua Guilherme Rocha, 45, Conjunto Ceará - Av. H, 901 3ª etapa, Messejana - Rua Cel Francisco Pereira, 62, Parangaba - Rua Sete de Setembro, 132, São Gerardo - Av. Bezerra de Menezes, 1001. 

Outras cidades: 
Horizonte Centro - Av. Presidente Castelo Branco, 4844, Icó - Centro - Av. Nogueira Acioly, 1354,   
Iguatu - Centro - Rua Floriano Peixoto, 633, Itapajé - Centro - Rua Fausto Pinheiro, 865, Juazeiro do Norte - Centro - Rua da Conceição, 361, Limoeiro do Norte - Centro - Rua Coronel Malveira, 2360, Maranguape - Centro - Rua Capitão Jeová Collares, 101, loja 01 A, Pacajus - Centro - Rua Francisco Lopes, 170, Quixadá - Centro - Rua Doutor Rui Maia, 580, Sobral- Centro - Rua Coronel José Sabóia, 300, Tauá - Centro - Rua Nenem Borges, S/N, Tianguá - Cruzeiro - Rua Zeca Teles de Menezes, 222. Fonte: Diário do Nordeste

domingo, 3 de maio de 2020

Senadores aprovam socorro de R$ 60 bilhões a estados e municípios

O Senado aprovou, neste sábado, o projeto que promete socorrer estados e municípios na crise desencadeada pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Os parlamentares discutiram durante todo o dia de ontem o relatório do presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), que, em negociação com os líderes e o Executivo, chegou a um acordo para a matéria. 

Serão cerca de R$ 60 bilhões repassados a governadores e prefeitos. O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou que vai votar o projeto na próxima segunda-feira (4) e enviará à sanção presidencial já na terça-feira (5).

Caso a previsão seja confirmada, a primeira das quatro parcelas da ajuda financeira poderia ser transferida no dia 15 deste mês. Na proposta de ajuda a estados e municípios, R$ 10 bilhões serão destinados para áreas de saúde e assistência social para combate ao coronavírus. Desses, R$ 7 bilhões serão enviados para estados, distribuídos pelos critérios de incidência da Covid-19 e população. Os municípios ficarão com o valor de R$ 3 bilhões.

O texto aprovado foi uma alternativa ao chamado Plano Mansueto. O Senado passou a ser o responsável pelo projeto que havia sido proposto pelo Executivo e aprovado pela Câmara dos Deputados com mudanças neste mês. Fonte: Diário do Nordeste

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Chuvas no Ceará nos 4 meses atinge quase todo o volume esperado para 2020

O volume de chuva esperado para todo o ano no Ceará deve ser atingido ainda ao fim do quarto mês de 2020. Conforme dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), até ontem (29), a pluviometria acumulada era de 797,2 milímetros, o que representa 99,6% do volume médio histórico anual (800.6 mm). Com as chuvas de hoje (30), este índice deve ser superado. 

O feito deve-se a regularidade e intensidade das chuvas neste ano. Desde 1973, quando o órgão meteorológico começou a divulgar, em seu site, os índices pluviométricos, em apenas sete anos (2020, 2019, 2009, 1994, 1985, 1974 e 1973) as precipitações ficaram acima da média, consecutivamente, nos primeiros quatro meses de cada ano.

Em 2020, março foi o mês mais chuvoso, com 275.7 mm, o que representa 35,6% acima da média histórica para o período. Em seguida aparecem fevereiro (192.2 mm), abril, com 188.8 mm até ontem (29), e janeiro 142 milímetros. 
Os bons índices fizeram com que as precipitações da quadra chuvosa, que se estende até maio, alcançassem a média mesmo ainda restando 30 dias para o seu término. Até aqui (dia 29 de abril), o volume observado chegou a 655.3 milímetros. A média da quadra (fevereiro a maio) gira em torno de 505.6 e 695.8 mm.

O climatologista do Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Diego Jatobá, acompanha a previsão da Funceme e analisa que, para o próximo mês, as chuvas devem ficar dentro da média climatológica no semiárido cearense. Com informações do Diário do Nordeste

quarta-feira, 29 de abril de 2020

Governador Camilo Santana inicia distribuição de vale-alimentação de R$ 80 a estudantes nesta quarta-feira

Camilo anunciou que distribuirá 423 mil cartões
aos alunos da rede pública
O governador do Ceará anunciou, na noite desta terça-feira (28) que começa nesta quarta (29) a distribuição de vale-alimentação de R$ 80 para estudantes da rede pública do Estado. A medida - mais uma de apoio à população durante o período de combate ao coronavírus - foi anunciada no último dia 9 por Camilo Santana. Serão distribuídos 423 mil cartões. 

O auxílio será de R$ 80 por aluno e tem o objetivo de contribuir para a segurança alimentar dos alunos durante o período de suspensão das atividades presenciais nas escolas da rede pública estadual. 

Os cronogramas de entrega do vale serão detalhados aos estudantes pelas escolas. Para receber o benefício alunos e familiares deverão seguir as orientações da instituições de ensino. Segundo o governador, as escolas informarão a data e o horário de entrega. 

"Peço que os alunos não procurem as regionais. Peço que esperem a convocação das escolas para evitar aglomerações. A Seduc está preparada para começar essa distribuição nesta quarta de forma precisa", disse Camilo.

Os cartões entregues aos estudantes serão personalizados com os dados de cada beneficiário. Depois de receber o vale, o aluno já terá direito à primeira parcela do vale, no valor de R$ 40. 

A segunda parcela deverá ser paga posteriormente, seguindo as recomendações das escolas e da Secretaria da Educação do Estado (Seduc). 

O Estado também deverá enviar uma carta com recomendações aos alunos sobre o uso do benefício. A compra de bebidas alcoólicas não será permitida, por exemplo. 

Camilo ainda disse que a medida deverá impulsionar a economia local, injetando dinheiro em mercadinhos, padarias, açougues e outros estabelecimentos. Fonte: Diário do Nordeste

terça-feira, 28 de abril de 2020

Funceme registra chuvas em mais de 122 municípios cearenses de domingo para segunda-feira(27) de abril

A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou chuvas em pelo menos 122 municípios do Ceará entre as 7 horas de domingo (26) e o mesmo horário desta segunda-feira (27). A maior chuva foi em Fortaleza com 97,2 milímetros registrados no Posto Castelão. Segundo o órgão, a Grande Fortaleza recebeu precipitações significativas. Houve boas chuvas em São Gonçalo do Amarante (69,8 milímetros), Eusébio (67 milímetros), Maranguape (60,2 milímetros) e Caucaia (53,6 milímetros). 

Chuvas no Interior 
No Sertão Central e Inhamuns choveu em 28 cidades. Catarina foi o município com mais precipitações com 67 milímetros. No Maciço de Baturité choveu em todas as cidades. Sete no total. Itapiúna registrou 48 milímetros.  

Outra região que recebeu precipitações foi a do Cariri, com 20 cidades contempladas. O maior registro da região ocorreu em Jucás, com 43,2 milímetros. Já no Vale do Jaguaribe, onde se concentra o Açude Castanhão, 18 municípios receberam chuvas. Em Limoeiro do Norte choveu 68 milímetros. Outras regiões também receberam precipitações tais como Litoral Norte e Ibiapaba. 

A Funceme explica que a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) segue próximo do Ceará, ou seja, tendência de mais nuvem com chuva. Áreas do litoral, Maciço de Baturité e no noroeste estão sob boas condições para precipitações até terça-feira. Nas demais, as condições são mais reduzidas, porém, registros pontuais são esperados.

Situação dos principais açudes 
De acordo com a Cogerh, 48 açudes estão sangrando no Estado. 57 açudes estão com aporte acima de 90%. E 51 açudes estão com volume inferior a 30%.  O Castanhão, principal reservatório a abastecer a Grande Fortaleza, tem 14,26% da capacidade máxima. Já o Orós, segundo maior açude do estado, tem 24,12% do volume máximo. O Banabuiú está com 10,72%. Com informações do Diário do Nordeste

Ministro Celso de Mello autoriza inquérito no STF sobre declarações de Moro contra Bolsonaro

Bolsonaro foi acusado por Sérgio Moro de interferir na PF
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello autorizou nesta segunda-feira (27) a abertura de inquérito para apurar declarações do ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública Sergio Moro de que Jair Bolsonaro quis interferir na Polícia Federal. 

O magistrado atendeu a um pedido da PGR (Procuradoria-Geral da República), que solicitou autorização do Supremo para apurar o relato do ex-ministro da Justiça.

Moro acusou o chefe do Executivo, na última sexta-feira (24), de querer interferir na autonomia da Polícia Federal. De acordo com ele, a intenção de Bolsonaro ao trocar o comando da PF seria aumentar a influência na corporação para ter acesso a informações sobre investigações em curso.

"O presidente queria alguém que ele pudesse ligar, colher informações, relatório de inteligência. Seja o diretor, seja o superintendente", afirmou Moro.

Moro relata que teria afirmado ao presidente que não seria adequada a troca de comando na polícia, mas, diante da insistência de Bolsonaro, resolveu pedir para deixar o governo.

"Falei que seria uma indicação política, ele disse que seria mesmo", revelou Moro, em referência à exoneração de Maurício Valeixo da chefia da PF para que fosse colocado alguém próximo ao chefe do Executivo.

Com o inquérito aberto, a Polícia Federal também passa a participar das investigações. Geralmente, o responsável por casos como esse é escolhido aleatoriamente entre os delegados responsáveis por atuar especificamente nas apurações determinadas pelo STF.

No pronunciamento em que se despediu do Executivo, Moro também revelou não ter assinado a demissão de Valeixo da PF, como foi publicado inicialmente no Diário Oficial e alardeado pelo chefe do Executivo e outros integrantes do governo. Uma nova versão do ato foi publicada posteriormente, sem a assinatura de Moro.

No pedido de abertura de inquérito, o procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou que, em tese, oito crimes podem ter sido cometidos. São eles: falsidade ideológica, coação no curso do processo, advocacia administrativa, obstrução de Justiça, corrupção passiva privilegiada, prevaricação, denunciação caluniosa e crimes contra a honra. Com informações do Diário do Nordeste

domingo, 26 de abril de 2020

Saída de Moro intensifica crise no Governo em meio à tensão com outros Poderes

Momento notório de desgaste entre governo e Congresso  
O abalo causado pela saída do ex-juiz federal Sérgio Moro do Ministério da Justiça ainda é sentido. Aliados do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) fazem as contas do quanto perdem, ou se ganham algo com o fim de um “casamento” que durou cerca de um ano e meio. 

Entre ganhos e perdas, a difícil relação do presidente com os demais poderes da República deixa o cenário cada vez mais nebuloso, e incerto, em meio a uma crise política que se intensifica. 

A chegada de novos pedidos de impeachment ao Parlamento contra o presidente atiça a crise política, colocando à prova a fidelidade de alianças. O silêncio dos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM-AP), diante das acusações de interferência política na Polícia Federal contra o chefe do Governo Federal – inclusive com a revelação de mensagens privadas –, deixa a dúvida de como será a já frágil relação entre Congresso e Planalto daqui para frente.  Com informações do Diário do Nordeste

sexta-feira, 24 de abril de 2020

Estado do Ceará deve apresentar versão de plano de reabertura na quarta (29)

O plano de reabertura da economia no Ceará começa a ganhar pontos mais definidos. Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado, Maia Júnior, o Governo deverá apresentar a primeira versão do planejamento elaborado pelo grupo de trabalho criado para discutir o assunto na próxima quarta-feira (29). 

Apesar de parte dos negócios no Estado estar fechada como medida de combate ao coronavírus, o titular da Sedet destacou que a atividade econômica não está totalmente paralisada, e que as empresas habilitadas a operar agora representam 74,8% das riquezas geradas no Ceará.

Maia Júnior destacou que o trabalho está sendo feito em conjunto com empresários do setor produtivo, que representam entidades cearenses, e com representantes do Governo Estadual, além de outros órgãos públicos, como o Ministério Público Estadual e o Ministério Público Federal. Ele ainda comentou que o planejamento precisa ser pensado com cautela, considerando as dificuldades impostas pela crise sanitária da pandemia do novo coronavírus.

O secretário também apontou que os planos de retomada da economia apresentados pelo Governo Federal não continham muitos detalhes, o que poderia comprometer o processo de reabertura. "Na quarta-feira, teremos a primeira versão, que foi discutida com entidades empresariais e o Ministério Público. O Governo Federal já começou a falar nisso, mas não detalhou nada, fez alguns comentários, e é preciso trabalhar bem." Fonte: Diário do Nordeste

Maia ainda apontou que a crise do coronavírus apresenta uma cenário complicado, porque pressiona o sistema de saúde, então reabrir a economia sem planejamento poderia causar uma nova onda de contaminação. Caso haja mais casos, o Estado poderia ter dificuldades em oferecer leitos de terapia intensiva para o tratamento dos casos mais graves da Covid-19.

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Governo volta atrás e resolve não antecipar segunda parcela do auxílio emergencial

O Governo Federal recuou com a proposta de antecipar a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600. Segundo nota do Ministério da Cidadania, divulgada na noite desta quarta-feira (22), faltam recursos do orçamento para fazer antecipação do benefício e que é preciso solicitar um crédito suplementar. 

"Tanto o Ministério da Cidadania quanto a Caixa manifestaram seu desejo de antecipar o pagamento da segunda parcela. No entanto, devido ao alto número de informais cadastrados e a determinação do governo em não deixar ninguém para trás, todas as expectativas foram superadas e tornou-se imperativo solicitar crédito suplementar para poder completar o atendimento a todos. Cabe registrar que o recurso disponível para cada uma das três parcelas é de R$ 32,7 bilhões, já foram transferidos R$ 31,3 bilhões, e ainda serão avaliados cerca de 12 milhões de cadastros para a primeira parcela", informa a nota. Com informações do Diário do Nordeste

sexta-feira, 17 de abril de 2020

Comitiva da Secretaria de Saúde do Estado visita obras de construção para implantação de leitos de UTI em Iguatu

Visita nas obras de instalação de UTI's nos hospitais de Iguatu
A cidade de Iguatu, na região Centro-Sul do Estado, recebeu na manhã desta quinta-feira (16), uma comitiva da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) para acompanhar o andamento das obras de instalação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Ao todo, serão 30 leitos implantados no Município que concentra hoje, o segundo maior número de óbitos (04) em consequência da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2). 

A secretária executiva de Vigilância em Saúde, Josenilia Gomes, pontuou que o objetivo da visita é “observar in loco como estão os preparativos para implantação dos leitos”. Ela diz ser fundamental que o Governo do Estado se “aproprie dessa realidade de perto” para, assim, o suporte ofertado seja promissor. 

Ainda conforme Josenilia, as obras no Município estão “em estado bem avançado”. A expectativa, segundo avaliou a comitiva, é de que os dez leitos instalados no Hospital Regional do Iguatu (HRI), fiquem prontos na próxima semana.

“Dependemos só de alguns ajustes e da chegada dos equipamentos da China que foram adquiridos pelo Governo do Estado”, pontuou o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor. O gestor estimou o funcionamento em até cinco dias. Fonte: DN

Prefeitura de Iguatu realiza sorteio das 900 unidades habitacionais do Residencial De Um Novo Tempo

Adicionar legenda
A SETHAS – Secretaria do Trabalho, Habitação e Assistência Social de Iguatu, realizou neste dia 16 de abril, com transmissão on-line, o sorteio das novecentas unidades dos Conjuntos Residenciais de Um Novo Tempo. 

O sorteio foi conduzido pela secretária Patrícia Neilla Diniz, que também representou o prefeito Ednaldo Lavor, pelo Gerente da Gerência Regional de Habitação Humberto Lopes Filho e pelo técnico da Caixa, Elismar Garim.

O sorteio oportunizou cada beneficiário conhecer o bloco e a numeração do apartamento onde irá residir. Segundo Humberto, “hoje vencemos mais uma etapa e a Caixa irá com brevidade retornar para assinatura dos contratos e logo depois, planejar juntamente com o parceiro Prefeitura de Iguatu, a entrega”.

Patrícia falou da emoção da realização do sorteio e da importância de “mesmo diante da Pandemia, estar realizando o sorteio, mesmo de forma virtual, e que estratégias serão utilizadas para as assinaturas dos contratos e entrega das chaves, por entender a necessidade de ofertar moradias dignas para as 900 famílias”.

O sorteio foi realizado através do canal 177 TV Centro Sul, Iguatu.net, TV Mais e Mais FM.

A listagem de todos os beneficiários pode ser conhecida através do site da Prefeitura Municipal de Iguatu. Fonte: Site da PMI

Ceará é um dos três estados do País com 'alto nível de transparência' sobre dados do coronavírus

Sede da SESA-Ceará
O Ceará é considerado o primeiro do País em qualidade de apresentação dos dados sobre a situação epidemiológica da pandemia do novo coronavírus.  O estado alcançou 95 pontos de 100 possíveis sobre a transparência e abertura de dados públicos da doença, de acordo com o levantamento da Open Knowledge Brasil (OKBR), divulgado nesta quinta-feira (16). Pernambuco e Espirito Santo aparecem logo em seguida com 95 e 93 pontos e completam o nível considerado alto do ranking.

Segundo o levantamento, o principal motivo para o índice saltar de 60 para 95 em uma semana foi que o estado voltou a disponibilizar base de dados para download em formato aberto e incrementou a granularidade das informações na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde (Sesa). 

Os dados mostraram ainda que 64% dos estados ainda não publicam informação suficiente (nível “Bom” ou “Alto” no ranking); taxa era de 90% na primeira avaliação, realizada em 3 de abril.

O indicador é composto por 13 critérios de avaliação, divididos em três dimensões: conteúdo, granularidade e formato, itens que consideram disponibilização de informações como idade, sexo, localização dos casos confirmados, além de séries históricas. Fonte: Diário do Nordeste

quinta-feira, 16 de abril de 2020

Presidente Jair Bolsonaro demite ministro da Saúde Luiz Mandetta em plena crise da pandemia

76% da população era contra a demissão de Luiz Mandetta
O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) confirmou, nesta quinta-feira (16), a demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, após uma série de divergências entre os dois sobre estratégias de enfrentamento da Covid-19 no País. Ainda não foi divulgado, oficialmente, o nome do substituto.

No início desta semana, o ministro havia alertado sua equipe sobre sua possível exoneração. Após o anúncio de Mandetta, o Secretário de Vigilância em Saúde e referência em epidemiologia, Wanderson de Oliveira, pediu demissão do cargo na última quarta-feira (15), mas o então ministro não aceitou a demissão do auxiliar.  

Mandetta não era o único ministro a discordar de Bolsonaro quanto ao posicionamento sobre as medidas de quarentena. Dois dos nomes mais expressivos do primeiro escalão, Sérgio Moro, da Justiça e Segurança Pública, e Paulo Guedes, da Economia, já se declararam publicamente favoráveis às medidas de isolamento social. Mas, diante de um cenário de pandemia, o epicentro do desgaste é o Ministério da Saúde. Com informações do Diário do Nordeste

quarta-feira, 15 de abril de 2020

137 profissionais de Saúde da Sesa foram afastados pela Covid-19

Os profissionais de Saúde acabam ficando vulneráveis
pelo contato muito direto com pacientes 
Profissionais da Saúde que atuam diretamente no trabalho com pacientes diagnosticados com a Covid-19 são, cada vez mais, vítimas da doença. Já há registro de, pelo menos, quatro óbitos de profissionais. 

Além disso, dados obtidos pelo Sistema Verdes Mares junto à Secretária da Saúde do Ceará (Sesa) contabilizam o afastamento de 137 trabalhadores com confirmação ou suspeita da doença. 

Do total, 28 tiveram exames positivos. Médicos, dentistas, enfermeiros e técnicos ou auxiliares em enfermagem são os mais atingidos pelo vírus. Há, ainda, 109 casos em investigação. Na lista estão assistentes sociais, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, nutricionistas, farmacêuticos, técnicos de laboratórios e técnicos de radiologia.

De acordo com levantamento solicitado à Sesa, realizado com dados da Secretaria Executiva de Planejamento e Gestão Interna, o órgão aponta que oito técnicos/auxiliares/assistentes de enfermagem, cinco médicos, um dentista, um atendente de consultório dentário, um técnico de laboratório, três enfermeiros e nove profissionais ligados a outras atividades da Saúde foram confirmados com Covid-19. Os dados foram coletados pela Pasta estadual de Saúde na segunda-feira (13). Fonte: Diário do Nordeste

terça-feira, 14 de abril de 2020

Prefeito Ednaldo Lavor assina decreto que fecha acessos à cidade de Iguatu

Barreira sanitária na saída para Jucás
O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, assinou, na noite desta segunda-feira (13), um decreto onde determina o fechamento de todas as entradas da sede do município. 

O objetivo de formar barreiras sanitárias nos acessos da cidade é fazer uma fiscalização mais rigorosa no trânsito de pessoas que chegam à cidade visando combater a disseminação do COVID19. 

De acordo com o artigo 2º do decreto, as entradas principais do Município de Iguatu, serão fiscalizadas no período de 13 a 30 de abril, sendo permitido o acesso apenas aos residentes no Município e/ou às pessoas que trabalham nas instituições ou estabelecimentos cujas atividades sejam excepcionais ao funcionamento no Município de Iguatu, bem como transporte de mercadorias essenciais e aos casos de urgência e emergência médica.

Os veículos flagrados trafegando no âmbito do município de Iguatu em desacordo com o que determina o Decreto de Nº 25/2020, estarão sujeitos à multa no valor de R$ 200,00
(Duzentos Reais) por cada passageiro transportado.